segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Brazilian Classical Series - Villa Lobos

Adrienne Arsht Center - Miami

Minha irmã caçula, Simone Leitão, de azul na foto, criou o projeto Brazilian Classical Series, que visa a divulgar a Música Clássica Brasileira nos Estados Unidos.

Morando em Miami, desde que iniciou seu doutorado na University of Miami, com tese sobre Villa Lobos. Certa vez ela tentou explicar para mim, um físico bronco, sobre "o primitivismo nos processos composicionais inovadores de Villa-Lobos" . Claro que acho a Física Quântica Relativística muito mais simples...

Na reportagem, o destaque do curriculum da minha querida Monkinha:

"...Com uma carreira brilhante como solista, recitalista e camerista em três continentes, Simone tem se firmado cada vez mais como um grande nome do Piano Brasileiro no cenário mundial..."

Lembro bem o dia que meus pais chegaram com um enorme piano para uma menina de 4-5 anos, de cabelos cacheados. Como é importante os pais acreditarem no talento de seus filhos! Eles hoje estariam muito orgulhosos da pequena Monkinha.

Para ter acesso ao vídeo de reportagem do evento em Miami clique aqui.

Vergonha da Política Externa brasileira...

Aplicativo Educaional que explica o funcionamento de uma
Bomba Atômica. Lula e o Sr. Celso Amorim
precisam saber que não existe fim pacífico
na energia nuclear!

Buscamos uma América do Sul politicamente estável, socialmente justa e economicamente próspera, não só por solidariedade, mas também por interesse, porque o bem estar e progresso de nossos vizinhos influencia, fomenta nosso próprio bem estar e progresso” Min. Celso Amorim, 2003

Esta declaração de pragmatismo do Sr. Ministro Celso Amorim, em entrevista à Revista Comércio Exterior em junho de 2003, pode até parecer aceitável. Afinal, se puder aliar solidariedade e bem estar, porque não?!

O problema é que ela procura esconder o raciocínio ideológico fascista que tem causado enormes prejuízos à política externa Brasileira. Eu não me sinto representado pelas opções do Governo Lula em sua política externa.

Por quê o Brasil apoia o programa nuclear de uma ditadura islâmica no Iran, mas cria um discurso de defesa da democracia no caso de Honduras?

Será que os aliados do presidente Lula na Bolívia e na Venezuela se enquadram no políticamente estável? A perseguição aos meios de comunicação e à imprensa são parte deste socialmente justa? O confisco das propriedades da Petrobrás na Bolívia também?

Bom, mas o que mais me apavora na política externa do sr. Celso Amorim é a ingenuidade e a ignorância do Itamaraty, que orientou o discurso de Lula semana passada apoiando o "programa nuclear para fins pacíficos" no Irã.

Não existe programa nuclear pacífico! A imagem acima é de um aplicativo educacional que explica como funciona uma Bomba Atômica. É um aplicativo educacional para o ensino médio!!! Não há nenhum segredo: basta possuir a quantidade certa de Urânio 235 enriquecido na proporção mínima para se construir uma bomba!

Apoiar o programa nuclear iraniano sem supervisão internacional é colocar uma bomba atômica nas mãos de uma ditadura islâmica. Com o grau de fanatismo que eles demonstram é um perigo para o Planeta. É inadimissível, ingênuo e ridículo. Mas neste caso, a mente confusa do Sr. Celso Amorim e a ignorância do Sr. Lula da Silva nos deixam em perigo.

É como apoiar o desenvolvimento de metralhadoras Kalichninikov AK-47 pelos traficantes dos morros do Rio de Janeiro para fins pacíficos... Tenha dó!!!


PS.: O aplicativo do projeto PhET, da Universidade do Colorado, pode ser acessado aqui. Mas é necessário possuir Java 6 instalado.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Modelagem de Gravitação Universal

Modellus é simplesmente fantástico!

Um ambiente de modelagem matemática indispensável ao ensino de Física e Matemática em qualquer análise que se queira fazer.

No curso de Introdução à Informática, meus alunos estão desenvolvendo roteiros de aula de Física e Matemática utilizando Modelagem e Mapas Conceituais. O resultado vocês poderão conferir aqui!

Para um dar gostinho, um vídeo com a simulação da Gravitação Universal, que descreve o movimento de satélites, planetas, estrelas e galáxias! Este modelo será utilizado em atividades para discutir o movimento de planetas e as Leis de Kepler!


video

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Life is too short...

Alguma vez você já observou o amanhecer,
quando o sol se levanta de encontro às areias da praia?
Quando o silêncio nos ensina a beleza dos sons?

Alguma vez você já se sentou e ficou esperando
pelo tempo da quietude?
Contemplando todos os mundos e estrelas
que nos rodeiam?

Mas... você corre,
porque a vida é demasiado curta...
Mas... você corre,
porque a vida é demasiado curta...

Alguma vez você já vislumbrou a glória
da Lua se elevando sobre o horizonte?
Quando os sonhos estão próximos
para aqueles que nós amamos?

Alguma vez você já se sentou e ficou esperando
por um pequeno sinal dos céus?
Para que possamos finalmente descobrir
o lugar de onde vêm os anjos?

Mas... você corre,
porque a vida é demasiado curta...
Mas... você corre,
porque a vida é demasiado curta...

Existe um instante
que faz o tempo voltar atrás
mas eu não me sinto capaz.
Isto só funciona
se você acredita na verdade.

Existe um tempo para viver
E um tempo para chorar.
Mas se você está ao meu lado
Vou tentar agarrar uma estrela
Vou tentar agarrar uma estrela
Somente para você...

Mas... eu corro,
porque a vida é demasiado curta...
Mas... eu corro,
porque a vida é demasiado curta...


Life is too short - Scorpions

Vídeo da Música

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Apagão escolar...

Como professor apaixonado pela educação, não posso deixar de acreditar que o País um dia vai realmente valorizar o professor. Mas há muito desânimo entre os licenciandos.

Recentemente o MEC achou por bem fazer muita propaganda, que erroneamente se apresenta como "Campanha de Valorização do Professor", visando despertar vocações.

Desde a malfadada era do PSDB do Fernando Henrique Cardoso e Paulo Renato que se cristalizou a idéia de que o Brasil gasta muito em educação mas gasta mal. Mas o PT de Lula não mudou em nada esta visão. Eu desafio a me explicarem como se gasta muito, tendo um salário tão ridículo para os professores em todos os níveis no Brasil.

O texto da profa. Maria Ângela de Lima só reflete a indignação de todos nós com a campanha publicitária do MEC. Valorizar o professor é corrigir a enorme distorção salarial para a classe.
O resto é propaganda, no pior sentido possível da palavra!

Veja o texto: Procura-se professor

sábado, 7 de novembro de 2009

Uso de Software Livre no ensino de Matemática


Terei enorme prazer de ministrar a palestra de encerramento do V Encontro Mineiro de Educação Matemática, que se realizará em Lavras, na UFLA de 13-15 de novembro.

O encontro será uma oportunidade de reflexão sobre as práticas educativas. Renovar a escola é preciso, todos concordam. Mas como? Estarei pontuando, em minha palestra, o papel das novas tecnologias e do Software Livre neste contexto.

Um pouco de reflexão...

No livro O Mundo é Plano, Thomas Friedman destaca o Software Livre como "uma das dez forças que achataram o mundo", forças que promovem o nivelamento entre os países e socializam a tecnologia.

Software Livre é um um fenômeno cultural, que Christopher Kelty em seu livro Two Bits - The Cultural Significance of Free Software (Dois bits - A relevância Cultural do Software Livre) destaca como uma ampla socialização recursiva do conhecimento na sociedade atual.

A Educação está sendo afetada enormemente pela força produtiva da inteligência distribuída que caracteriza a produção do Software Livre. Basta um exemplo no Brasil: o banco de Objetos Educacionais do Portal do Professor no MECc já possui quase 8000 objetos e mais de 800 mil acessos! Nenhuma empresa de Softwares Educacionais no País tem algo nem próximo a estes números e nenhuma tem condição de criar o impacto que esta ação já está gerando. Se não fosse o Software Livre este banco de softwares educacionais não existiria!

Estou ansioso pelo nosso encontro!

terça-feira, 3 de novembro de 2009

It takes no time to fall in love...

Conheci Jason Mraz, como todas as músicas nos últimos tempos, através de minha filha Rebeca.

Simplesmente outrange!
(Definição de dicionário: ato que viola os padrões estabelecidos...)

"It takes a road to go nowhere" é simplesmente o que há, pela
sua contradição, pelo que há de existencialismo! Poderia ser dito por Nietsche ou Sartre.

"It takes a thought to make a word, and it takes some words to make an action" poderia ter sido escrito por Platão ou Kant!

Todos os amantes sabem que "it takes no time to fall in love, but it takes you years to know what love is".

Para todos aqueles que acreditam que a Música Popular Brasileira se perdeu depois da morte poética de Chico, Caetano e Gil, vale conferir:

Link original: http://www.youtube.com/watch?v=IkXcNiWFB28&feature=related]

Tradução (não 100%): http://letras.terra.com.br/jason-mraz/343827/traducao.html